04 outubro 2012

Farm traz coleção inspirada nas estampas de Mary Katrantzou.

QUEM É MARY KATRANZOU?

Se você ainda não ouviu falar nesse nome, já é hora.
Mary Katrantzou é uma estilista que está dando o que falar desde que se tornou revelação na semana de moda de Londres em 2009. Ela lançou sua coleção por 6 estações consecutivas no projeto NEWGEN que apoia novos estilistas, e a partir da coleção de primavera/verão 2012 entrou para a programação oficial da London Fashion Week.





Para ver mais fotos das coleções de Mary Katrantzou, clique aqui.

A estilista é considerada a rainha das estampas, suas padronagens digitalizadas são representações de uma realidade simples e cotidiana que se une ao surrealismo em cores e formatos. A vida multicolorida traz temas alegres que fascinaram o público londrino, tornando-a na "queridinha" da capital mundial da moda.
De acordo com a própria estilista, sua assinatura está na estética surrealista, gráficos ousados ​​e jóias industriais.
E o que define sua marca são vestidos inspirados pela beleza filtrada em design, mapeados em torno da figura feminina.


A DEMOCRACIA DAS ESTAMPAS

O trabalho de Mary Katrantzou tem conceito e design arrojado, mas é uma roupa real, para a mulher de verdade. Suas estampas saíram diretamente da passarela para vestidos de lojas de departamento como a londrina Top Shop, que em parceria com a estilista, lançou coleções especiais que se esgotaram em um único dia. 






FARM SE INSPIRA EM MARY KATRANTZOU

O sucesso das estampas atravessaram o Atlântico e chegaram às graças da marca brasileira carioca, FARM.  Padronagens visivelmente influenciadas pelo estilo de Katrantzou, alegram ainda mais a marca que vende um estilo de vida libertário, alegre e despojado, aliás, características que também definem o estilo das clientes de Mary.
Imagens que se repetem com perfeição dos dois lados do corpo é uma das marcas da estilista e estampa os vestidos da marca carioca.
Uma inspiração muito bem vinda, que deixou a coleção da grife ainda mais linda. E quem não quer um Mary Katrantzou inspired?




Nenhum comentário:

Postar um comentário