03 abril 2017

Home, Sweet Home Office: 9 dicas para trabalhar em casa com sucesso


Minhas amigas,
trabalhar em regime de home office é um sonho para muitas pessoas. Estou nessa condição a cerca de 3 anos e posso dizer que é maravilhoso poder organizar o próprio tempo, conseguir se adaptar aos dias de férias do marido, estar de olho na casa enquanto trabalha, poder esticar aquele almoço com as amigas, e, em breve, poder estar de olho na minha baby enquanto faço meus projetos acontecerem. Mas tudo tem dois lados. É preciso muita disciplina e concentração para conseguir realizar as tarefas profissionais estando dentro de casa. É preciso vencer a tentação de fazer outras coisas, da procrastinação e de fazer seus familiares entenderem seu carga horária. Para que tudo funcione e você consiga ter sucesso profissional a partir do home office, algumas dicas são essenciais. Depois de erros e acertos, essas seriam as minhas.


1. Um cantinho para chamar de seu
Sabe aquela mesa maravilhosa que você viu no Pinterest, com todos os artefatos necessários para o seu trabalho devidamente organizados, em um ambiente limpo, lindo e chic, todo pronto para uma foto no melhor estilo business girl? Pois é... você provavelmente não tem esse lugar, eu sei. Nem sempre é possível ter o home office dos sonhos. Acredite, a maioria das pessoas não tem. Eu não tenho (ainda!). Mas, separar um local específico para trabalhar dentro de casa é essencial. Em primeiro lugar porque define para você um ambiente onde, ali, se pode esquecer as coisas pessoais e "ligar o cérebro" no modo "work". Também define para as pessoas que vivem na sua casa que, quando você está naquele local, significa que você está concentrado na vida profissional. E por mais que no começo seja difícil de alguns entenderem, believe me, será a sua disciplina de evitar conversas e se "fechar" naquele espaço que vai fazer seus companheiros respeitarem o seu ambiente de trabalho.
Aos poucos vá arrumando e fazendo do seu espaço um lugar inspirador, mas não espere ficar perfeito para começar. Aliás, se eu puder dar um conselho para a vida: nunca espere nada ficar perfeito para começar. É na ação que as coisas acontecem.


2. Se arrumando para o trabalho
O ritual de acordar e se arrumar para o começo de um novo dia é importante para todas as pessoas, quer elas trabalhem ou não. Acordar, escovar os dentes, tomar um banho, trocar de roupa... Se você trabalha na sua casinha, provavelmente não vá precisar de um paletó ou de um tubinho preto com scarpin, mas você pode, perfeitamente, escolher ficar com um camisão (eu adoro!) confortável durante todo o dia. Só nos faça um favor, esqueça os pijamas! Escolha seu uniforme laboral de ficar em casa, mas nunca continue com a mesma roupa que dormiu, nem com a mesma cara amassada. Socorro!
Eu, particularmente, tenho uma "mania": sempre tomo café, tomo um banho, saco os cabelos e faço uma make básica de manhã. Para ficar em casa, uso blusões (tenho uns 4), mas estou sempre semi pronta para sair de casa. Caso apareça uma reunião ou uma necessidade de ir resolver algum problema, é só jogar uma roupa e sair, pois o cabelo e a make já estão ok! E não é só por isso que me arrumo, simplesmente não suporto ficar me vendo com aquela cara de quem acabou de acordar, sabe? Aquela olheira, aquele cabelos desgrenhados... nam nam nam... nem em casa! Aprendi com Costanza Pascolato, que diz que acorda e já coloca um corretivo nas olheiras. Por isso, arrumo as madeixas, faço uma make iluminada e fico linda, escrevendo e me achando uma business woman de sucesso. É essencial para a minha autoestima, verifique se é importante para sua também. Cada um com suas manias, mas se mantenha pronto para as batalhas do dia a dia, certo?


3. Crie horários e rotinas
A parte mais difícil... até hoje eu tenho dificuldades, mas sei que é preciso. Horário!!! Que horas você vai sentar no seu cantinho de trabalho? Que horas você vai parar para almoçar? Vai trabalhar só de manhã ou só de tarde? Como vai ser essa rotina? Como seu tempo vai se dividir? Eu ainda estou tentando achar minha divisão ideal de tempo, mas estou cada dia mais disciplinada e isso faz toda a diferença. Se não paro tudo para ficar em casa 100% concentrada escrevendo, nada acontece.
Eu começo o dia lendo e-mails, depois defino as tarefas numa agenda e vou ticando tudo o que eu finalizei. Funciona super bem para mim. É quase incrível, mas eu só consigo fazer o que escrevi na agenda. Se eu pensar: "ah, no meio dessas coisas eu faço aquele negócio lá"... geralmente o dia acaba e eu não fiz. Escrever na agenda, para mim, tem um efeito importante. Ache os seus métodos para te fazer organizar as ideias e que te estimule a realizar as ações.


4. Mantenha uma agenda com pequenas tarefas e metas
Planejamento. Alguém provavelmente já perturbou o seu juízo dizendo que você precisa de um. E que precisa saber aonde quer chegar, quais são seus planos para daqui a 10 anos, 5 anos, 2 anos... pensar longe, pensar grande... ufa! Já deu um cansaço? Para alguns, bate até um desespero! Mas vamos com calma. Planejar é preciso, mas não se aprende a fazer um bom planejamento do nada. Comece se impondo algumas metas, com tarefas diárias. Aquela listinha de coisas para fazer, escrita na agenda, é um bom começo. Quando estiver funcionando, separe um tempo para pensar nas suas metas para o final do mês e imagine como pode atingi-las. Escreva! Não deixe as ideias no âmbito dos pensamentos, porque elas se perdem.
No meu caso, criei uma meta maior para a minha vida. Com metas um pouco menores no meio do caminho. E vou tentando criar oportunidades para fazer as coisas que eu sonho. Mas é na produção do dia a dia que eu consigo construir o meu trabalho. Já fiquei tempo demais planejando e sonhando, e pouco tempo fazendo as coisas acontecerem. É perigoso, porque isso te dá uma ansiedade que te impede de agir. Hoje eu passo mais tempo produzindo e menos imaginando o que eu quero para o meu futuro. Como eu sei que estou na carreira que escolhi para mim, entendo que fazer bem o meu trabalho vai me levar a boas oportunidades. Portanto, não fique sofrendo achando que você precisa ter tudo definido para a sua vida inteira. Comece fazendo as coisas acontecerem, produza e vá planejando aos poucos. Não esqueça de se divertir e aproveitar o dia a dia.


5. Técnina Pomodoro
Não conhece? Pois, por favor, conheça agora e use!!
Aprendi essa técnica na carta que a Cris Guerra fez para ela mesma há 10 anos atrás, numa coluna do site Hypeness. (Dica de amiga: leiam!) Entre tantos conselhos maravilhosos que ela dá a ela mesma e que super valem para nós (eu, pelo menos, me identifiquei com vários!), está a técnica pomodoro, uma forma de dividir o tempo com alarmes, fazendo com que a gente se concentre mais no que está fazendo e lembre de dar pausas necessárias para um bom funcionamento do cérebro. Eu achei sen-sa-cio-nal. Uso todos os dias, e digo para vocês, me ajuda demais para conseguir acabar textos e outros tipos de tarefas.


6. Desconecte
Você está lá concentrada fazendo o seu trabalho e "pi", seu celular pia. É uma mensagem no zap zap... quem é que não olha? Outra: você está lá no computador verificando seus e-mails e de repente se vê no Facebook vendo "as novidades". Para quem trabalha com internet, fica ainda mais difícil resistir às tentações, por isso só tem um jeito: desconectar o máximo possível. A Blogger Camila Coutinho, do Garotas Estúpidas, uma vez disse que quando vai escrever ela coloca o celular no modo avião. Achei maravilhoso e hoje faço o mesmo. Além disso, desliguei as notificações de diversos programas do meu telefone como o zap zap, o Instagram e o Facebook.


7. A Funcionária do ano precisa receber premiações!
Em qualquer empresa que se preze, quando um funcionário atinge as metas, ganha premiações. Que tal colocar essa estratégia para você? Vale das pequenas a grande metas. Por exemplo, depois que acabar uma tarefa do dia, você fica livre para tomar um café, ou ver um capítulo de um seriado, escutar uma música, ligar para aquela amiga e papear por 15 minutos. Se conseguir atingir uma meta maior, como aumentar um número X de clientes ou de faturamento, você terá direito a uma bolsa, ou sapato... São estímulos que podem fazer toda a diferença.


8. Saia de casa
Pelo menos uma vez por semana, eu coloco tarefas para realizar fora de casa. Respirar outros ares, ver exposições, assitir um filme... tudo isso é necessário para fazer a mente funcionar, principalmente para quem trabalha com criatividade.


9. Saiba a hora de parar
Se por um lado, algumas pessoas não conseguem produzir bem em casa, outras já não sabem a hora de parar. A paixão pelo próprio trabalho (e eu já passei por isso também) pode fazer com que você emende finais de semana e feriados produzindo sem parar. Mas, seguindo o pensamento do post aqui de cima, o exercício, o esporte, o lazer, o tempo com a família, são extremamente necessários para uma vida equilibrada. Já passei por situações em que o meu marido começou a competir com o meu trabalho por atenção, ele reclamava que eu nunca me desligava 100%... sabe o que é pior? Ele tinha razão. Hoje, quando estou com ele, estou só com ele. O trabalho precisa ficar no escritório.

Nenhum comentário:

Postar um comentário