14 fevereiro 2019

3 livros de moda: para alavancar o estilo

Ter um estilo bem definido é uma sensação deliciosa! Ele está completamente conectado com o processo de autoconhecimento e nada mais é do que saber se vestir de uma forma particular, que respeita o corpo, os sentimentos e o momento de cada pessoa.
Ter um estilo bem definido significa: estar consciente de si mesmo, ter uma personalidade forte e gastar menos. Não é uma maravilha?

Num mundo perfeito nos vestiríamos de uma forma mais ousada, muito seguros de nós mesmos e seríamos muuuito mais felizes, mas esse processo nem sempre é fácil assim, certo?

MINHA HISTÓRIA
Na adolescência eu fui uma garota super segura, me vestia de um jeito um pouco diferente e não ligava para a opinião dos outros. Era libertador! Eu estava sempre criando coisas extraordinárias e os meus amigos me viam sempre como uma pessoa criativa, interessante e viajada. Eu amava.

Com a minha entrada no mercado de trabalho, senti que precisava me adequar um pouco mais e perdi um pouco da minha originalidade. Quer saber? Perdi muito com isso. Chegou um momento que eu não me reconhecia mais. Junto com as roupas, foram-se minhas ideias criativas, minha forma de agir original e muitas outras coisas que eu valorizava em mim mesma.

Hoje ainda estou à procura daquele Lígia ousada, que tinha segurança do que queria e que não tinha medo de errar - não porque fazia tudo certo, mas porque sabia cair e levantar. Sinto que estou chegando lá, mas é um processo.

Essa minha história é só para ilustrar o quanto o nosso "figurino" participa do nosso personagem. O quanto levanta e derruba. Por isso considero o estilo como algo essencial para vencer as batalhas da vida. Estilo é autoconhecimento, estilo é saber usar a sua "armadura" do dia a dia a seu favor, para que ela nunca pese, só te faça voar.

3 LIVROS, 3 ESTILOS
Pensando nisso, vou dividir aqui com vocês três livros que abordam a importância do estilo e como chegar até ele. Os livros foram escritos por mulheres completamente diferentes, vou falar um pouquinho de cada para que vocês possam decidir qual se encaixa mais com a natureza de vocês, embora todos os livros funcionem para todos os estilos.

1. O LIVRO NEGRO DO ESTILO (Nina Garcia)
A Nina é editora da moda da Marie Claire americana. Ela é colombiana, mas mora em Nova York. O livro não aprofunda muito em nenhum assunto, por outro lado, dá uma visão geral sobre a moda. É cheio de dicas, frases de efeito (eu adoro!!), tem entrevistas com estilistas e passa um pouco pela música, cinema e outras artes.

2. MODA INTUITIVA (Cris Guerra)
A Cris criou o primeiro blog de looks do dia do Brasil - ela é brasileira. Hoje o blog dela é muito mais que isso e foi mais para a àrea de comportamento. O que eu amo no livro dela (o meu é a primeira versão, já tem uma mais nova), é que o começo tem uma pegada meio motivacional (me julguem!) e o texto é muito muito bom! A única coisa que eu não amei - mas não desvaloriza o conteúdo - é que os looks das imagens (que são todas dela) ficaram antiquados... afinal, a moda passa!

3. A PARISIENSE (Inês de la Fressange)
A ex-modelo francesa é considerada um dos maiores ícones de estilo da França, e o style dela é mesmo bem à la francesa. Esse livro deveria ter o título: como parecer rica com peças básicas (hehehe). Brincadeiras à parte, o conteúdo é basicamente esse: looks minimalistas, peças clássicas, roupas de corte impecável. Simples mas super chic. Para nós, brasieliros, pode faltar ousadia, cor e animação, mas todo mundo sabe que um bom estilo começa pelos básicos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário