25 setembro 2019

O mundo de sonhos de Tim Walker no V&A

O fotógrafo Tim Walker em ação
O fotógrafo britânico Tim Walker acaba de abrir o seu mundo extraordinário para os visitantes do museu Victoria&Albert, em Londres.
Para quem ainda não conhece, o fotógrafo é conhecido como "o contador de histórias" por suas imagens produzidas em cenários cinematográficos e dramáticos, que levaram a imagem e a linguagem da moda à um nível muito mais artístico.

ESTILO FOTOGRÁFICO

O seu estilo é facilmente reconhecível pelo exagero nas proporções e a dramaticidade do corpo humano, usando em seus modelos maquiagens e acessórios que os deixam com aspectos hora andróginos, hora monstruosos.
O universo de sonhos e o mundo das maravilhas de Walker geralmente têm um toque (ou um exagero) do estilo underground com referências góticas. A linguagem de moda do fotógrafo é construída sob o universo fantástico e grotesco, reverenciando um estilo que desafia os limites do belo.

  • Vogue UK (britânica) - Dezembro 2016 © Tim Walker

Uma das salas de exposição no Victoria&Albert 


LUXO REPAGINADO

Embora seu estilo esteja mais para o dramático, em editorias para a Vogue UK e outras edições de revistas de moda mais tradicionais, o fotógrafo aposta em cenários mais sofisticados, alegres e que remetam mais ao luxo.
  • Vanity Fair - Março 2017 © Tim Walker



Olga Shearer on blue horse Sennowe Park, Norfolk, 2007 © Tim Walker

TRABALHOS COMERCIAIS

Tim Walker também é cotado constantemente para trabalhos comerciais. No ano passado, por exemplo, ele foi responsável pelas fotos do Calendário Pirelli (2018), hoje um dos principais projetos fotográficos do mundo. 
Um dos seus trabalhos mais recentes foi a campanha da marca americana Kate Spade. 
Calendário Pirelli 2018 © Tim Walker

Campanha Kate Spade Primavera/Verão 2019  © Tim Walker

EXIBIÇÃO

Para a sua exibição no Victoria&Albert, Tim Walker uniu trabalhos antigos à editoriais exclusivos, produzidos para a amostra e inspirados no próprio museu. Além de imagens, a exibição traz os cenários em que foram produzidas as fotos e objetos utilizados nas produções, além de trazer obras de arte que serviram de referência para os pensamentos extraordinários do fotógrafo.

Data: setembro à março de 2020.
Local: Museu Victoria&Albert, Londres.

(Imagens abaixo: divulgação)