01 abril 2020

5 filmes para entender o mundo da moda


Quando a gente se apaixona pela foto de uma modelo em um desfile ou pela foto de um look de street style, o que estamos vendo, na verdade, é só o ponto final de uma loooonga história.

Mas, para enxergar DE VERDADE, todo o conteúdo que está por trás de uma dessas imagens, é preciso ter uma visão muito mais profunda, interessada e com conhecimento de causa.

Primeiro, é importante conhecer a cadeia de moda por completo; depois, entender os contextos históricos que se revelam através da vestimenta; também ser capaz de captar os detalhes e riquezas que estão por trás da produção de luxo; assim como captar também os efeitos e o preço das peças que são produzidas em da em massa; e por fim (mas não menos importante), compreender a essência mágica que envolve a comunicação, o conceito e o design.

Por isso, vou dividir aqui com vocês cinco filmes/séries/documentários que eu considero verdadeiras aulas de Moda. Cada um deles causou uma diferente "explosão" de ideias e informações na minha cabeça. JUNTOS,  eles são ainda mais poderosos.

1. The September Issue

O documentário exibe os bastidores da maior publicação de moda do mundo - A Vogue USA - durante a produção de edição de setembro, considerada a mais importante do ano.
A visão conceitual das coleções, as escolhas de modelos, os estilos fotográficos e como esse mundo imagético é criado para depois entrar de forma inconsciente no imaginário das pessoas.
Aqui você terá uma versão mais realista do filme "O Diabo veste Prada", e ver imagens reais das principais figuras da revista, entre elas, Anna Wintour, a editora chefe da revista até hoje.






2. Mr. Selfridges

O seriado (que está no Netflix) mostra o nascimento da Selfridge's, um imensa e luxuosa loja de departamento de Londres (que existe até hoje). A visão grandiosa do Mr. Selfridge exibe o nascimento do consumo como conhecemos nos dias de hoje. Mistura moda, cultura, comportamento do consumidor e o lugar da mulher na sociedade.
A loja abre suas portas no ano de 1910 e no desenrolar das histórias é possível acompanhar o nascimento do vitrinismo, dos desfiles de moda, das roupas prontas para comprar (até então só se comprava tecidos e aviamentos, e cada um costurava, ou pagava uma costureira para fazer suas roupas).
Indico que você veja com os olhos bem atentos para cada detalhe. É enriquecedor!





3. Dior and I

O documentário que conta a história da chegada do designer Raf Simons na Dior como diretor criativo da Maison Francesa, abre as portas da marca de Alta Costura e exibe todos os detalhes ricos e extravagantes do mais alto padrão da moda.
É uma aula sobre imagem da marca (branding), processos criativos, produção de conceitos, processos artesanais e mais um milhão de coisas que nem sempre estão ditas, mas estão à um foco do olhar.
Se você quer entender o universo da Alta Costura e a produção de moda no nível mais próximo da arte, esse é um bom começo.





4. The true Cost

Nem só de imagens estéticas é feita a moda. Por trás de editoriais de moda extravagantes, desfiles estonteantes e lojas impressionantes, existe uma cadeia pressionada para produzir cada vez mais e melhor, pelos menores preços possíveis (ou impossíveis?)

O documentário e movimento chamado 'The True Cost" denuncia a dura, feia e cruel realidade da indústria moda que a imprensa insiste em não mostrar. Graças à internet, esse filme chegou ao mundo inteiro, mostrando o que está lá na outra desse universo.

Ele não faz da moda em si, uma vilã, mas propõe uma reflexão acerca do consumo em massa, da baixo custo das peças e da velocidade do consumo.

Acredito ser um conhecimento básico para quem quer trabalhar com moda.




5. Diana Vreeland: the eye has to travel

Você já ouviu falar de Diana Vreeland? Ela é um dos ícone de moda mais importantes do mundo. Muita gente não a conhece, porque ela é... digamos assim, vintage.

A editora ficou famosa por seu olhar extravagante e extrema autenticidade. Era uma workaholic (e uma mãe ausente), com uma visão moderna e artística. E o trabalho dela aconteceu numa época (entre as décadas de  1950 e 1970) em que a moda se tornou uma das mais poderosas ferramentas de revolução cultural.
Fico arrepiada cada vez que vejo esse trailer. O vídeo como um todo, é uma verdadeira inspiração para todas as áreas da moda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário